quinta-feira, 17 de dezembro de 2015

bebes e bexigas perigo por perto

0

'Bebê brasileiro é único no mundo a sobreviver depois de aspirar bexiga'

De acordo com a médica responsável pelo caso, os riscos de morte em situações como essa são de 100%. Mãe diz: "Agora, é 99,99%"

Por Vanessa Lima - 29/09/2015 19h20 - atualizada em 30/09/2015 11h43
Uma bexiga quase causou a morte de Mário, 7 meses (Foto: Arquivo Pessoal/ Lívia Martins Pereira)
Um bebê de 7 meses quase morreu depois de aspirar uma bexiga, em São Paulo. Na última terça-feira (22), Mário Archangelo Damasceno Neto brincava em seu berço quando a mãe, que acabara de chegar do trabalho, percebeu que ele estava engasgado. "Na hora, peguei meu filho no colo e saí correndo - literalmente - para o hospital, que, por sorte, ficava a apenas dois quarteirões de casa", contou Lívia Martins Pereira, em entrevista à CRESCER. "Quando cheguei lá, ele estava desmaiado e roxo. Cheguei a pensar que estava morto", lembra. Naquele momento, ela desconhecia o motivo do engasgo. "Eu não sabia que era uma bexiga", explica. A princípio, o menino foi para o Hospital das Clínicas da USP e, depois, encaminhado para o Hospital Infantil Sabará (SP), onde passou por cirurgia.
Lívia e o filho no hospital (Foto: Arquivo Pessoal/ Lívia Martins Pereira)
De acordo com uma das médicas responsáveis pelo caso, a otorrinolaringologista pediátrica Saramira Bohadana, especializada em vias aéreas, Mário foi o primeiro sobrevivente depois de engolir uma bexiga. "Não há nenhum outro caso registrado na literatura médica mundial. Conversei com os maiores experts em cirurgias desse tipo e todos ficaram espantados pelo fato dele ter escapado. Isso só aconteceu porque a mãe foi muito rápida e porque, quando ele chegou ao hospital, a equipe tentou entubá-lo e a bexiga escorregou para o esôfago", afirmou.
O menino foi operado por Bohadana e pelo broncoscopista pediátrico Ascédio Rodrigues. No centro cirúrgico, os especialistas usaram uma pinça para retirar o objeto do esôfago do bebê. O pó químico presente na bexiga foi para os pulmões e provocou pneumonia por corpo estranho, da qual o garoto ainda está se recuperando. Ele precisou permanecer sedado até segunda (28), mas acordou chorando o tempo todo, vomitou algumas vezes e rejeitou o peito da mãe. Nesta terça (29), uma semana depois do acidente, ele conseguiu mamar e sorriu de novo, pela primeira vez. "Só então fiquei aliviada. Era o presente que eu estava esperando", disse a mãe.
"Provavelmente, como ele conseguiu mamar, retiraremos a sonda dele nesta quarta-feira (30) e até sexta (2) pode ser que ele já esteja em casa", contou a médica. Mário está recuperando a deglutição, porque o sistema ficou dolorido depois das tentativas de entubá-lo quando chegou ao hospital.
O perigo das bexigas
O pequeno Mário, em recuperação (Foto: Arquivo Pessoal/ Lívia Martins Pereira)
Os balões de látex são comuns e parecem inofensivos. As crianças adoram e a presença deles é certa em festas de aniversário, inclusive no primeiro ano dos bebês. Isso sem falar naquelas bexigas distribuídas em lojas, nos shoppings, nos parques... No entanto, esses objetos oferecem um grande perigo que muitos pais nem imaginam. "O risco de morte é de 100%. A criança asfixiada tem parada respiratória, o cérebro fica sem oxigênio e, em questão de minutos, acontece o óbito", explica a otorrinolaringologista que atendeu o pequeno Mário. Para ela, esse objeto deveria ser proibido e ficar totalmente fora do alcance de crianças, especialmente as menores de 2 anos. O mesmo recado vale para pipocas e amendoins, alimentos com alto potencial de causar engasgos.
Desde o dia em que Mário foi internado no hospital, Lívia, que integra a banda sinfônica do exército, se afastou do trabalho. "Os médicos me disseram que as chances de morte são 100%. Agora, meu filho sobreviveu e a estatística melhorou: está em 99,99%. O mais importante é que ele saia daqui bem. Não vou para casa sem ele", afirmou.
Na casa da família, os balões não aparecerão tão cedo. "Bexiga não é brinquedo de criança. Pode matar. Se eu soubesse, jamais deixaria que meu filho brincasse com uma. Agora, nunca mais", diz a mãe, já que nem mesmo a avó, que cuidava do bebê naquele momento, conseguiu evitat o acidente. "Minha mãe (a avó do menino) agiu rapidamente, gritou e eu corri. Ela foi uma das peças chaves para o meu filho estar vivo", conta.
Na sexta (25), ela publicou um alerta em seu Facebook, com um vídeo que mostra a bexiga dentro do corpo do filho.

sexta-feira, 17 de julho de 2015

parto

0


quarta-feira, 10 de junho de 2015

cuidados com recem nascido

0


sexta-feira, 15 de maio de 2015

0

terça-feira, 5 de maio de 2015

um lindo relato de parto

0


quarta-feira, 29 de abril de 2015

7. É normal fazer cocô muitas vezes num único dia?

0

foto: 7 | 18
7. É normal fazer cocô muitas vezes num único dia?
No começo, o bebê evacua a cada mamada. Como ele só se alimenta de leite, é absolutamente normal que as fezes sejam pastosas. Em alguns casos, podem até ser líquidas com gruminhos. Por isso, não precisa se preocupar: ele não está com diarreia. A cor também é bastante característica: amarelo-ouro.

6. Em que posição devo colocá-lo para dormir?

0

foto: 6 | 18
6. Em que posição devo colocá-lo para dormir?
De barriga para cima, e sem neura. Os estudos mais recentes mostram isso. Fique tranquila se o leite voltar. Seu pequeno terá reflexos para se defender. Ainda assim, é muito importante só deitá-lo depois de arrotar. Se a criança regurgita demais, é possível usar suportes triangulares para mantê-la deitada de lado, sempre com travesseiro do tipo antissufocamento. Em caso de refluxo, além do acompanhamento médico, procure inclinar a base do berço o máximo que der. Só não passe dos 45 graus.

Qual o melhor horário para dar o banho?

0

foto: 5 | 18
5. Qual o melhor horário para dar o banho?
Não existe regra. Em geral, as mães preferem dar à noite para acalmar a criança antes do sono, além de contar com a ajuda do marido. Mas o critério é pessoal. Pode ser em qualquer horário. O mais importante é verificar a temperatura da água com a parte sensível do seu braço, ou com o punho. Se estiver morna, coloque o bebê ali sem receio. Não há necessidade de termômetro. Mas, caso queira usá-lo, veja se marca algo entre 36 e 37 ºC. Ao entrar na água, ele chora? Não se culpe por isso. É normal esse tipo de coisa acontecer. Os pequenos se assustam nessa hora por insegurança. Para contornar a situação, enrole-o em uma fralda de pano em posição fetal. Isso lhe trará o conforto e a segurança de que tanto necessita. Depois, vá soltando a criança ao poucos, até ela se acostumar.

2. O que posso fazer para aliviar as cólicas?

0

foto: 2 | 18
2. O que posso fazer para aliviar as cólicas?
A cólica é um fantasma que habita o inconsciente coletivo das mães, já que ela realmente pode tornar a vida dos pais um tanto angustiante nas primeiras semanas de vida da criança. Mas não perca as estribeiras. As cólicas são normais. Fazem parte do amadurecimento natural do sistema digestivo do pequeno. E não adianta medicar ou dar produtos naturais. Isso pode ser até perigoso, causando intoxicações. O melhor remédio é o leite materno. Aquecer a barriga, aconchegar o bebê e deixá-lo na posição fetal também são medidas que ajudam a contornar a situação. Agora, é preciso saber se a cólica é mesmo o motivo da choradeira. A confusão é bastante comum. Choro de cólica é aquele mais intenso, que começa e termina de forma repentina.

3. Posso dar água ou chá para meu bebê?

0

foto: 3 | 18
3. Posso dar água ou chá para meu bebê?
De preferência, não. O leite materno nutre, hidrata e acalma, suprindo todas as necessidades da criança. Quando a mãe dá chá ou água, o pequeno deixa de tomar o leite materno e ingere quantidades menores de proteínas e calorias necessárias para o seu desenvolvimento. Sem falar que a maioria dos chás contém estimulantes que deixam o bebê agitado. Se forem servidos com açúcar, pior ainda. Os grãos podem fermentar e causar cólicas. Além disso, há o risco da chamada confusão de bicos, que faz com que a criança largue o peito da mãe sem necessidade e adote a mamadeira.

4. Qual o jeito certo de segurá-lo?

0

foto: 4 | 18
4. Qual o jeito certo de segurá-lo?
É normal: carregar um recém-nascido dá aflição. Até mesmo para a mãe. Afinal, segurar no colo alguém tão pequenino e flexível requer bastante cuidado – mas nada que você não tire de letra nos primeiros dias. Como a musculatura do pescoço é pouco desenvolvida, é preciso apoiar bem a cabeça e as costas do bebê. A melhor maneira de fazer isso é encaixar a cabeça na dobra do cotovelo e as costas no antebraço. Importante: nunca faça movimentos bruscos e preste atenção para não pressionar demais, ou bater, a parte superior da cabeça da criança, também chamada moleira, já que os ossos do crânio ainda não estão totalmente formados.

1. Por que o recém-nascido chora tanto?

0

foto: 1 | 18
1. Por que o recém-nascido chora tanto?
O bebê chora porque quer alguma coisa. Os motivos variam: fome, fralda suja, frio, calor, posição desconfortável, incômodo, irritação por barulho ou luz, estresse diante da movimentação de adultos e por aí vai. É claro que, às vezes, o cansaço e a falta de sono podem fazê-lo perder a paciência. Mas lembre: essa é a única forma de expressão do pequeno. Se você perceber que está irritada demais, peça ajuda a alguém, tente sentar, respirar fundo e se acalmar. Tudo vai dar certo. Mesmo porque, a partir dos quatro meses, a tendência é que o pequeno chore menos.

sexta-feira, 24 de abril de 2015

parto normal

0


terça-feira, 17 de março de 2015

COM A COLEÇÃO DE INVERNO 2015 DA KYLY, O FRIO NUNCA FOI TÃO COLORIDO

0

COM A COLEÇÃO DE INVERNO 2015 DA KYLY, O FRIO NUNCA FOI TÃO COLORIDO
Com muita criatividade e diversão, a Kyly apresenta sua nova coleção de inverno 2015. Além de estampas e desenhos diferenciados, a marca traz opções confortáveis e, principalmente alegres; mostrando que o frio não é somente feito de peças neutras.
Faça chuva, faça Sol, a variedade de cores vivas e intensas é predominante em todas as coleções da marca. Entretanto, nessa coleção a inspiração também veio em forma de bichinhos, bonecas, contos de fadas, super-heróis e muita brincadeira.
Para complementar os looks, a Kyly apresenta uma linha de acessórios para o frio: boinas, gorros, luvas e cachecol.
A coleção de inverno da Kyly pode ser encontrada nas principais multimarcas do país ou pelo e-commerce da marca: www.loja.kyly.com.br


Kyly-407.jpg

Kyly-509.jpg
Kyly-937.jpg
Kyly-1102.jpg


Serviço:

IMAGINAÇÃO E FANTASIA NA CAMPANHA DE INVERNO 2015 DA MILON

0


IMAGINAÇÃO E FANTASIA NA CAMPANHA DE INVERNO 2015 DA MILON

Nesse inverno, a nova coleção da Milon tem como enfoque os detalhes, tecidos e acabamento das peças.
Seguindo quatro linhas diferentes, a marca apresenta uma coleção de temáticas variadas e para temperaturas distintas, porém tendo como principal inspiração um cenário de imaginação e fantasia.
Peças sofisticadas e charmosas fazem parte da coleção, mostrando que o frio é a época de criar e inovar com estilo.
A coleção da Milon pode ser encontrada nas lojas da marca e também pelo e-commerce www.loja.milon.com.br/
24.jpg
20.jpg

4.jpg




Serviço:

sac:  0800 644 0006

um parto,muito emocionante

0


parto humanizado mais comovente do youtub

1


partto cesarea de isadora

0


sábado, 14 de março de 2015

0


sexta-feira, 30 de janeiro de 2015

Enfance arma venda especial de verão

0


Enfance arma venda especial de verão

A marca infantil Enfance, pioneira na venda de soft toys premium no Brasil, realiza venda especial de verão para toda a coleção de moda e acessórios Enfance por NK, a partir do dia 27 de janeiro até o dia 15 de março. Os produtos terão 40% de desconto nas lojas NK Store de São Paulo e do Rio de Janeiro e na loja virtual da Enfance www.enfance.com.br.

Entre os produtos que estão com desconto, o vestido Betsy Rose, feito em tecido 100% algodão liberty betsy rosa jam e bordado ponto smock, custava R$ 490,00 e sai por R$ 294,00. A camisa masculina Poppers Marine, feita com tecido 100% algodão, custava R$ 290,00 e sai por R$ 174,00. O banho de sol Rayé Melange, para bebês, de tricô 100% algodão, sai de R$ 290,00 por R$ 174,00.

As formas de pagamento para os produtos nas lojas físicas da NK são: à vista, em todos os cartões de crédito ou boleto em até cinco vezes, com parcela mínima de R$ 200,00. No cheque, o parcelamento pode ser feito em até três vezes, com parcela mínima de R$ 200,00.
Na loja virtual da Enfance, o pagamento pode ser feito nos cartões de crédito: Visa, MasterCard, Dinners, Discover e American Express. A loja ainda possibilita o pagamento em até seis parcelas no cartão, sem a necessidade de valor mínimo.
Exemplos de produtos
Camiseta minou melange
Camiseta manga curta em malha 100% algodão pima com aplicação e bordado gatinho off white e preto.
Preço: De R$180,00 Por R$ 108,00
Camisa poppers marine
Camisa manga curta em tecido estampa poppers 100% algodão marinho e laranja
Preço: De: R$ 290,00 Por: R$ 174,00

Banho de sol rayé melange
Macacão tricot listrado em fio 100% algodão cinza mescla e laranja
Preço: De: R$ 290,00 Por: 174,00

Vestido Betsy Rose
Vestido com bordado ponto smock em tecido 100% algodao liberty betsy rosa Jam
Preço: De: R$ 490,00 Por: R$ 294,00

Sandália Bretelle Notiola
Rasteirinha com tiras camurça natural
Preço: De: R$ 290,00 Por: R$ 174,00

Serviço

Venda Especial de Verão dos produtos da coleção Enfance por NK
Descontos de 40% para todas as peças da coleção
Vendas nas lojas NK Store de São Paulo e Rio de Janeiro e na loja online da Enfance www.enfance.com.br
Período: de 27 de janeiro até 15 de março de 2015
Sobre Enfance
Com design clássico e materiais nobres, as peças da marca trazem conforto e exclusividade para bebês e crianças de até 6 anos.
A marca desenvolveu, em parceria com Natalie Klein, a coleção Enfance por NK Além disso, criou o programa de entrevistas Monde Enfance, apresentado por Mica Rocha, que recebe formadoras de opinião para compartilhar experiências e dicas sobre o universo da maternidade.
Os produtos da Enfance podem ser encontrados em lojas multimarcas selecionadas e na loja online da marca(www.enfance.com.br/loja).
Enfance
Tel.: (11) 3644 – 6107
Instagram: @mondeenfance
Lojas NK Store
São Paulo - Jardins
Endereço: Rua haddock lobo, 1592
cep: 01414-002 - jardins - são paulo - sp
tel.: (11) 3897-2600
horário de atendimento.: 2a a 6a 10h às 20h, sáb 10h às 19h
Rio de Janeiro – Ipanema
Endereço: rua garcia d´ávila, 56
cep: 22421-010 - ipanema - rio de janeiro - rj
tel.: (21) 2529-5400
horário de atendimento.: 2a a 6a 10h às 20h, sáb de 10h às 16h
Informações à imprensa
Index Estratégias de Comunicação 
(11) 3068-2000