quarta-feira, 30 de março de 2011

0


Sinais do trabalho de parto

Classificação
68 Votos

Comentado por 0 Membro Ver comentários

Resumo do artigo

Cada mulher apresenta um tipo de trabalho de parto, e dizer exatamente quando começa é impossível. Não é um acontecimento isolado e sim um processo em que várias mudanças fisiológicas em seu corpo trabalham juntas para ajudar o nascimento do bebê. Esta seção ajudará a saber se você está mesmo em trabalho de parto. Porém, fale com seu médico caso tenha dúvidas.Posso ter contrações sem estar em trabalho de parto? Sinais do trabalho de parto Cada mulher apresenta um tipo de trabalho de parto, e dizer exatamente quando começa é impossível. Não é um acontecimento isolado e sim um processo em que várias mudanças fisiológicas em seu corpo trabalham juntas para ajudar o nascimento do bebê. Esta seção ajudará a saber se você está mesmo em trabalho de parto. Porém, fale com seu médico caso tenha dúvidas.

Quais são os sinais do trabalho de parto?

Quando é hora de ligar para o médico?

O que devo fazer no início do trabalho de parto?

Consigo perceber quando o início do trabalho de parto está próximo?

Quais são os sinais do trabalho de parto?
  • O colo torna-se cada vez mais fino e macio (também chamado de obliteração) e dilatado (até 10 centímetros).

  • Ocorrem contrações em intervalos regulares e cada vez menores e se tornam mais longas e mais intensas.

  • Dor constante na parte inferior das costas, principalmente se também houver dores semelhantes às cólicas pré-menstruais.

  • Surgimento de uma pequena mancha de sangue (secreção de muco amarronzado ou avermelhado). Se sair o tampão de muco que bloqueia o colo, o trabalho de parto é iminente; ou pode demorar alguns dias. Mesmo assim, é um sinal de que tudo está caminhando.

  • Rompimento da bolsa, mas só se houver contrações.

Quando é hora de ligar para o médico?

É provável que no terceiro trimestre o médico já tenha explicado o que fazer quando você estiver em trabalho de parto. Mas se você achar que está na hora, não se acanhe e ligue para o médico. Eles estão acostumados às ligações de mulheres que não têm certeza se estão ou não em trabalho de parto, e que precisam de orientação: é o trabalho deles. Eles poderão orientá-la. O médico perguntará a freqüência das contrações, se você consegue falar durante as contrações e se tem qualquer outro sintoma.

A bolsa

Se sua bolsa romper ou se você achar que está perdendo líquido amniótico, ligue para seu médico. Você deve avisá-lo também se suspeitar de redução da atividade fetal ou se tiver qualquer sangramento vaginal, exceto se for uma mancha de sangue (caracterizada por uma pequena quantidade de muco avermelhado), febre, fortes dores de cabeça, alterações na visão ou dor abdominal.

O que devo fazer no início do trabalho de parto?

É importante beber muito líquido. Alterne entre beber líquidos e descansar ou tente tomar um banho morno para acalmar as dores. Se puder descansar um pouco, será melhor para você.

Posso ter contrações sem estar em trabalho de parto?

Sim. É o falso trabalho de parto se o colo não se dilatar (o médico poderá confirmar isso durante o exame), as contrações são irregulares e não parecem aumentar em intensidade e qualquer dor no abdômen ou nas costas é facilmente aliviada com um banho morno ou massagem. Beba água para enfrentar as contrações irregulares e improdutivas. Uma mulher começou a ter fortes contrações três dias antes de entrar em trabalho de parto. As contrações, embora dolorosas, eram completamente irregulares e imprevisíveis e aconteciam a cada cinco minutos, depois a cada sete, depois oito, depois cinco e finalmente a cada oito minutos. Quando a bolsa dela se rompeu, ela chorou de alívio, pensando que havia finalmente entrado em trabalho de parto. E havia.

Consigo perceber quando o início do trabalho de parto está próximo?

Nem sempre. Embora você não saiba tudo o que está acontecendo, seu corpo começa a se preparar para o trabalho de parto até um mês antes do nascimento. Quando o verdadeiro trabalho de parto começa, o colo de algumas mulheres já começou a dilatar e a afinar.

Outros sinais:

  • Alívio quando a cabeça do bebê começa a entrar em posição na pélvis.

  • Aumento da secreção vaginal.

  • Surgimento de uma pequena mancha de sangue (secreção de muco amarronzado ou avermelhado).

  • Mais contrações do tipo Braxton Hicks visivelmente mais intensas.




  • Etiquetas de categoria:
  • Sintomas
  • ,
  • Segundo trimestre
  • ,
  • Primeiro trimestre
  • ,
  • Trabalho de parto e nascimento
  • ,
  • Terceiro trimestre
  • ,
  • Complicações


  • Etiquetas de artigos:
  • desenvolvimento
  • ,
  • gravidez
  • ,
  • Trabalho de parto
  • terça-feira, 29 de março de 2011

    metodo para o choro continuo do bebê

    0

    video

    mãe de multiplos

    0

    bebes mais fofos

    gostaria de ser mãe seis de uma vez olha como são lindo isto é um milagre divino
    l

    só pra voçês que estão preste a dar a luz ficarem desejosas !!!

    0











    olha quanto bebe lindo!!vc esta ansiosa pra chegar a hora de voçê esta carregando seu bebê depois de ter sofrido um pouco mais vale a pena curtir o bebe ele será só seu que Deus te DE UM BOM PARTO E UM BEBÊ LINDO PARECIDO COM ESSES BOA HORA MAÊ ZINHA!!!!PODE FICAR AI OLHANDO E DESEJANDO QUE CHEGUE LOGO SUA VEZ DE PEGAR NO BRAÇO SEU LINDO BEBÊ,TEM VARIOS DELES PRA VC OLHAR TODOS SÃO MUITO LINDO EO SEU VAI SER TÃO LINDO OU MAIS QUE ESTES VAI DAR TUDO CERTO É O QUE DESEJO PRA TODAS MÃEZINHAS QUE ACOMPANAM MEU BLOG ATÉ MAIS !!!!SE QUANDO SEU BEBÊ NASCER VC QUIZEREM VER ELE NESTE BLOG E SÓ MANDAR UMApra postar no meu blog bjuS!!!!!

    0

    uso de chupetas:sim ou não?

    sempre usei chupeta e nenhum dos meus filhos tiveram problema ortodonticos

    Qual mãe que não recorre a uma chupeta para o bebê parar de chorar? Nove entre dez, no mínimo. Mas saiba que o bebê não precisa de chupeta e que o seu uso pode trazer conseqüências sérias pelo resto da vida. Isso ninguém quer.

    O bebê tem uma necessidade de sugar que é satisfeita quando realiza a sucção do peito da mãe na amamentação. Quando o peito está muito cheio de leite, o bebê mama sem precisar fazer esforço, matando a fome, mas não a vontade de sugar. Se isso acontece, o bebê pode chorar e só se acalmar quando a mamãe oferece uma chupeta.
    Com a chupeta, o bebê satisfaz a sua necessidade de sucção, por isso se acalma, mas isso é prejudicial. Sabia? Fique tranqüila, pois existe outra forma de satisfazê-lo. Pois bem: quando a mamãe sentir sua mama cheia, o ideal é ordenhar, retirar um pouco de leite do peito para que o bebê tenha que sugar com mais esforço, matando assim a fome e a necessidade de sugar.

    Para bebês que não amamentam, existem alguns copos de bico com válvulas que, para a retirada do leite, necessitam do esforço do bebê. Não use mamadeiras, pois prejudicam o bebê da mesma forma que a chupeta.Qual mãe que não recorre a uma chupeta para o bebê parar de chorar? Nove entre dez, no mínimo. Mas saiba que o bebê não precisa de chupeta e que o seu uso pode trazer conseqüências sérias pelo resto da vida. Isso ninguém quer.
    o bebê tem uma necessidade de sugar que é satisfeita quando realiza a sucção do peito da mãe na amamentação. Quando o peito está muito cheio de leite, o bebê mama sem precisar fazer esforço, matando a fome, mas não a vontade de sugar. Se isso acontece, o bebê pode chorar e só se acalmar quando a mamãe oferece uma chupeta.
    Com a chupeta, o bebê satisfaz a sua necessidade de sucção, por isso se acalma, mas isso é prejudicial. Sabia? Fique tranqüila, pois existe outra forma de satisfazê-lo. Pois bem: quando a mamãe sentir sua mama cheia, o ideal é ordenhar, retirar um pouco de leite do peito para que o bebê tenha que sugar com mais esforço, matando assim a fome e a necessidade de sugar.
    Para bebês que não amamentam, existem alguns copos de bico com válvulas que, para a retirada do leite, necessitam do esforço do bebê. Não use mamadeiras, pois prejudicam o bebê da mesma forma que a chupeta.
    A mamãe tem que lembrar que a única maneira do bebê se comunicar é o choro. Ele vai chorar quando está sujo, com fome, com sede, com sono, quando quer carinho ou mesmo quando está feliz. O melhor é que a mamãe tenha paciência para descobrir o que seu bebê quer e não simplesmente oferecer uma chupeta que o deixará quieto por alguns instantes e não satisfará a sua necessidade de verdade.A mamãe tem que lembrar que a única maneira do bebê se comunicar é o choro. Ele vai chorar quando está sujo, com fome, com sede, com sono, quando quer carinho ou mesmo quando está feliz. O melhor é que a mamãe tenha paciência para descobrir o que seu bebê quer e não simplesmente oferecer uma chupeta que o deixará quieto por alguns instantes e não satisfará a sua necessidade de verdade.


    Esse ai da foto é o meu filhote felipe tem 10 anos!

    0

    não coloque costumes em seu bebê!!


    estes dias fui ao ambulatório pra fazer consulta de rotina derrepente chega uma moça com um lindo bebê no colo e do seu lado outra moça como companhia,não sei o que aquela outra moça era do bebê,não era a mãe, mais a conpanheira que segurava o pequeno,como sou muito apaixonada por bebêsjá comecei a observar aquele fofo bebê,elas comecaram, a rir quando a moça andava o bebe ficava quietinho e feliz ,quando ela parava o bebê começava a chorar,vim dar um conselho isto ate parece engraçado mas com o tempo se torna cansativo, e vc pode não conseguir babas ou alguem que fique com seu bebê quando precisar, nunca coloque costumes,tipo ele só dorme seu fazer isso ou aquilo .tipo ele so dorme se for com essa manta ,ele só come se for neste prato vc pode se achar em situação contrangedora, vai que vai dormir fora então conselho nunca ponha nenhum tipo de costume em seu filho. espero ter ajudado com es poste até a proxima!!!!

    0

    que saudades de quando minhas filhas eram bebês!!!

    eu estava passeando no meu orkut e recebi esta bebê ,num scrap me fez lembrar minhas bebês as meninas eram lindas eu levava elas pra igreja e como meu marido sempre foi pastor de igrejas paparicação era o que não faltava eu nem pegava minhas bebês a ESTER PARECIA UMA PRINCESA ,A ELOÍ ERA MAIS BRANQUINHAS E DE OLHOS VERDES IMAGINA E EU COSTUREIRA NÃO REPETIA ROUPAS,EU SOU MEIO PERUA EU FAÇO MEUS MODELOS ROUPAS INEDITAS,NÃO GOSTO DE ROUPAS COMUNS QUE VENDEM EM LOJAS EU FAÇO MEU MODELOS DES DE NOVA,eu sempre gostava de combinar xuxinhas calcinhas delas quando bebês ,até hoje elas são muito vaidosas,pelo costumes de combinar tudo,eu graças a Deus estou bem,moro no melhor bairro de são paulo bairro de classe media alta moro perto da Geovane gronchi no morumbi,bjus!!!

    assim se formam gemeos identicos

    0

    video

    terapeuta conversa com recen nascidos

    0

    bebê gripado

    0

    ele é tão novinho e já esta tossindo muito o que fazer?


    vou te dar uma receita basica natural compre uma cenoura media,descasque e triturar no multiprosesador ou no liquidificador con um copo de aguá,use só a poupa depois é só peneirar e levar ao fogo coloque açucar até engrossar deixe ferver depois ponha pra esfriar e começe a dar ao bebê tres vezes ao dia é batata .uma vez estava com bebê nestas condições e gastei muito com xarope famosos não resolveu nada ,quando me deram esta receite eu até ri mais depois tentei comecei de manhã e a tarde ele não estava mais tossindo ,tem tanbem melado de beterraba vc corta e deixa dormir e vc dá o caudinho pro bebê,ja lidei com muita bebê.tive oito tente e vê se dá certo até aproxima postagem bijus!!!!

    0

    Jovem que não sabia que estava grávida apelou ao 'vigilantes do peso', diz tabloide

    Lauren só descobriu a própria gravidez horas antes do nascimento de Lily.
    Britânica tentou compensar peso ganho na gestação com dieta e exercício.

    Do G1, em São Paulo

    Tamanho da letra

    A britânica Lauren Hannen, de 18 anos, frequentou o Vigilantes do Peso e fez exercícios para tentar emagrecer. Mas o seu probema de excesso de peso, na verdade, era devido a que ela estava grávida sem saber, segundo o tabloide "Daily Mirror".

    Ela acordou de noite com dor de barriga e, duas horas depois, deu à luz a pequena Lily na sala de casa em Denbigh. Sua mãe, Melanie, ajudou no parto, ocorrido em março.

    Foto: Reprodução

    Lauren Hannen (à direita), ao lado da mãe, Melanie, e da bebê Lili, em foto publicada pelo 'Daily Mirror'. (Foto: Reprodução)



    "Mamãe foi brilhante", disse Lauren sobre o parto.

    "Eu nao tinha ideia de que estava grávida. Eu estava menstruando, e sempre usei camisinhas com meu namorado, Ben", disse. "Eu não tinha enjoos e não estava inchada."

    Lauren afirmou que o único sinal da gravidez era um ganho de peso, mas que achou que ele era natural e começou a fazer dieta e correr para tentar emagrecer.

    "Dias antes de Lily nascer, em março, mamãe me acusou de estar 'furando' a dieta", disse. "Como eu não conseguia perder tanto peso quanto ela, ela disse que eu devia estar 'roubando' batatas fritas e chocolate."

    Lauren disse que seu namorado, Ben, ficou empolgado ao saber do inesperado nascimento da criança. Ela, no entanto, disse que sempre quis ter filhos, mas não agora.

    segunda-feira, 21 de fevereiro de 2011

    Rosana Oshiro é uma brasileira descendente de japoneses que mora no Japão há três anos. Ela tem quatro filhos e já está na quinta gestação. Como já é experiente em partos, dessa vez a futura mamãe quer transmitir ao vivo para todo o mundo o nascimento de seu filho.

    "A intenção é chamar atenção para o parto natural e ajudar empoderar as mulheres. É tudo pelo direito ao parto humanizado a todas as mulheres do mundo!", afirma Rosana.

    A gestante defende que nas últimas décadas o parto passou a ser um evento do domínio médico, e deixou de ser orientado pelo corpo da gestante, perdendo também o envolvimento da família neste processo. Na opinião de Rosana, através do parto natural, especialmente o domiciliar, a mulher volta a ser a protagonista do nascimento de seu filho.

    Seu terceiro filho nasceu no Brasil, através de parto normal assistido pela enfermeira obstetra e parteira Vilma Ishi. A experiência de ter um parto normal depois de duas cesáreas lhe deu confiança para optar por um parto domiciliar desassistido.

    Isso mesmo, o quarto filho de Rosana nasceu em casa, sem nenhum médico, enfermeira ou parteira por perto.

    Agora, ela pretende repetir a experiência e ter seu filho em casa, com a presença apenas dos familiares. E uma webcam ligada. Porém, ela ressalta que o parto só será dessa forma se não houver nenhuma intercorrência que indique necessidade de transferência ao hospital.

    "Eu resolvi montar um blog falando dos últimos dias da gravidez e de todas as questões relacionadas ao parto, TP e etc para ajudar a 'empoderar' as mulheres que ainda se sentem temerosas e indecisas com relação ao parto. Minhas histórias de parto estão no blog relatosdeparto.blogspot.com para quem desejar conhecer".

    Através do blog e de outras mídias sociais, como facebook, orkut, twitter, Rosana deve avisar o momento em que começar o trabalho de parto. A partir de então, será iniciada a transmissão pelo http://www.ustream.tv/channel/parto-ao-vivo.

    quinta-feira, 17 de fevereiro de 2011

    Testes de Gravidez Caseiros

    Este texto é resposta a uma pergunta deixada em comentário, que ficou sem resposta muito tempo e a que já não se justificava responder.

    Os testes de gravidez caseiros, descritos, recolhi em páginas da Net. São Três:

    Teste Marroquino (Pode encontrar Aqui)

    Um teste de gravidez, marroquino, que antigamente se fazia, antes de existirem os testes da farmácia e de sangue,


    Num recipiente de plástico, com tampa, colocar a urina da noite, antes de se ir deitar, juntar lá dentro uma agulha nova de metal.

    Fechar bem a caixa e esperar 8 horas, no mínimo. No dia seguinte retira a tampa.

    - se a agulha NÃO mudou de cor O TESTE É NEGATIVO;

    - se a agulha ficou preta o teste é positivo (tem de ficar preta, se só mudar ligeiramente a cor não é positivo).

    Espere mais 3 dias e repita o teste... e terá um belo e grande positivo. Dizem que este teste é muito fiável e quase todas as mulheres marroquinas o fazem."

    Teste de urina fervida (encontra Aqui ou AQUI)

    Ferver o xixi, urina, (o primeiro da manhã) num recipiente velho. Se ficar com nata o teste é positivo para gravidez (há quem diga que é positivo se subir como o leite). Se não, é negativo.

    Teste de Q-boa ou de urina com cloro (há quem diga teste de Qiboa) (este teste é referido nos 2 links acima)


    Colocar um pouco de Q-boa, ou água sanitaria, num recipiente branco, e juntar um pouco de xixi, urina, (o primeiro do dia). Se mudar de cor e ficar avermelhado o teste é positivo para gravidez, se não mudar de cor, se ficar normal, é negativo!

    Nota: Q-boa é água desinfectante, ou "água sanitária", que se vende no Brasil e que contém cloro (simbolo químico = Cl)

    quinta-feira, 24 de março de 2011

    como fazer o bebê arrotar

    0

    como trocar um bebê

    0

    como trocar fraldas de bebê do sexo feminino

    0

    enjoos e desejos tá pensando que facíl?

    0

    video

    parto humanizado 1

    0

    parto humanizado

    0

    0

    Casal nigeriano tem filha loira

    Um casal nigeriano acaba de ter uma filha loira, branca e de olhos azuis. Um caso que é difícil de acontecer, porém....acontece... Eles ficaram chocados no ínicio, mas um teste de DNA provou a paternidade e especialistas já descartaram a hipótese de a criança ser albina. A pequena Nmachi parece uma bonequinha, veja a foto:

    quarta-feira, 23 de março de 2011

    0

    Jovem que não sabia que estava grávida apelou ao 'vigilantes do peso', diz tabloide

    Lauren só descobriu a própria gravidez horas antes do nascimento de Lily.
    Britânica tentou compensar peso ganho na gestação com dieta e exercício.

    Do G1, em São Paulo

    Tamanho da letra

    A britânica Lauren Hannen, de 18 anos, frequentou o Vigilantes do Peso e fez exercícios para tentar emagrecer. Mas o seu probema de excesso de peso, na verdade, era devido a que ela estava grávida sem saber, segundo o tabloide "Daily Mirror".

    Ela acordou de noite com dor de barriga e, duas horas depois, deu à luz a pequena Lily na sala de casa em Denbigh. Sua mãe, Melanie, ajudou no parto, ocorrido em março.

    Foto: Reprodução

    Lauren Hannen (à direita), ao lado da mãe, Melanie, e da bebê Lili, em foto publicada pelo 'Daily Mirror'. (Foto: Reprodução)



    "Mamãe foi brilhante", disse Lauren sobre o parto.

    "Eu nao tinha ideia de que estava grávida. Eu estava menstruando, e sempre usei camisinhas com meu namorado, Ben", disse. "Eu não tinha enjoos e não estava inchada."

    Lauren afirmou que o único sinal da gravidez era um ganho de peso, mas que achou que ele era natural e começou a fazer dieta e correr para tentar emagrecer.

    "Dias antes de Lily nascer, em março, mamãe me acusou de estar 'furando' a dieta", disse. "Como eu não conseguia perder tanto peso quanto ela, ela disse que eu devia estar 'roubando' batatas fritas e chocolate."

    Lauren disse que seu namorado, Ben, ficou empolgado ao saber do inesperado nascimento da criança. Ela, no entanto, disse que sempre quis ter filhos, mas não agora.

    0

    sábado, 5 de março de 2011

    Sexo do Bebê
    É possível escolher o sexo do bebê?

    Graças aos grandes avanços na tecnologia, com técnicas modernas utilizadas na fertilização in vitro, é possível identificar o cromossomo X feminino e o cromosso Y masculino, possibilitando a escolha dos que serão implantados no útero.

    Porém, estes procedimentos têm um custo elevado, não sendo acessíveis à maioria dos casais brasileiros.

    Para os casais que queiram tentar na sorte, utilizar métodos naturais para a escolha do bebê, existem algumas dicas relacionadas ao melhor momento fisiológico para cada sexo, mas é claro que sem nenhum tipo de certeza. Somente a fertilização in vitro garante 98% de acerto.

    Antes precisamos entender como é o comportamento dos espermatozóides.

    Os espermatozóides que carregam o cromossomo Y são os masculinos. Possuem a cabeça menor, são mais rápidos, porém, menos resistentes. Já os espermatozóides com cromossomos X são os femininos. Possuem a cabeça maior, são mais lentos e mais resistentes que os masculinos.

    O primeiro a fazer é determinar o dia exato da ovulação. Isso pode ser feito com mais segurança através de ultra-som transvaginal seqüencial (do 11º ao 14º dia do ciclo) ou através de um exame que mede o pico de LH na urina da mulher, indicando que a ovulação ocorrerá nas próximas 36 horas. O teste é vendido em farmácias.

    Sexo do Bebê
    Para ter menina:

    • Uma vez determinado o dia fértil , deve-se manter relações sexuais até 2 dias antes da ovulação e não ter relações, até 3 dias após a mesma.
    • A mulher deve ter o orgasmo depois do homem, caso contrário, as contrações e o muco mais eliminados auxiliam na locomoção dos espermatozóides, favorecendo os masculinos que são mais rápidos.
    • A mulher deve comer mais durante seu período fértil , incluindo vinagre e pimenta nas comidas para aumentar a acidez, pois os espermatozóides femininos a suportam melhor que os masculinos.
    • Duas horas antes da relação sexual, a mulher deve fazer uma ducha vaginal com água e vinagre branco, para ajudar a aumentar a acidez do local. Medidas: 2 colheres de sopa de vinagre para 1 litro de água.
    • a penetração não deve ser profunda no momento da ejaculação, já que o espermatozóide feminino se move lentamente e vive mais.
    • a penetração deve ser com homem por trás da mulher, para que o esperma se deposite longe do colo uterino.

    Sexo do Bebê
    Para ter menino

    • O casal deve manter relações sexuais no dia exato da ovulação.
    • O orgasmo deve ser simultâneo (se possível) ou a mulher sentir o orgasmo pouco antes do homem, fazendo com que as contrações e o muco liberado auxiliem os espermatozóides em sua locomoção.
    • A mulher deve comer pouco e evitar alimentos ácidos e apimentados, para não aumentar a acidez da vagina.
    • Duas horas antes da relação sexual, a mulher deve fazer uma ducha vaginal com água e bicarbonato de sódio, deixando-a mais alcalina, facilitando a locomoção dos espermatozóides com cromossomos Y.
    • a penetração deve ser profunda no momento da ejaculação, e a posição sexual deve ser do homem sobre a mulher.

      Boa Sorte !!!

    sexta-feira, 4 de março de 2011

    0

    vc que sadia doe seu leite pra bebês de mães soro positivo

    01/03/2011 09h27

    Maternidade oferece atendimento especializado para gestante soropositiva



    Foto: Ascom/Sesau

    As mães com HIV não podem amamentar e os filhos são alimentados com leite pasteurizado do Banco de Leite ou então artificial
    No último semestre de 2010, o Hospital Materno Infantil Nossa Senhora de Nazareth (HMINSN) registrou uma média mensal de três gestantes portadora do vírus HIV. Essas mães continuam recebendo tratamento especializado, e o bebê é acompanhado até um ano e seis meses de idade, quando será possível obter resultado do exame de sorologia.

    Em 2011, apenas um caso foi confirmado. As ações fazem parte do Projeto Nascer, instituído em 2002 pelo Ministério da Saúde (MS). Quando a paciente apresenta diagnóstico prévio (já com a confirmação do vírus no cartão pré-natal), é encaminhada para a Unidade na 38ª semana de gestação, para a realização de parto cesariano eletivo – fora do trabalho normal de parto.

    Segundo a diretora-geral do HMI, Ana Carolina Brito, ao realizar o parto cesariano eletivo, diminui o risco de transmissão vertical do vírus HIV [de mãe para o filho] e de imediato a criança é impedida de ser amamentada pela mãe e a medicação é iniciada. Uma equipe multiprofissional da Unidade orienta a mãe a não amamentar o bebê em hipótese alguma. “A criança passa a ser alimentada com leite pasteurizado do nosso banco de leite ou então de fórmula [artificial]”, enfatizou Ana Carolina, ao acrescentar que a criança deve tomar o xarope [medicação apropriada para o tratamento] em até duas horas de vida.

    Em Roraima, quando a gestante não chega à Maternidade com o diagnóstico prévio, o exame é feito na hora do parto e o resultado sai em 30 minutos. Se for positivo, a mãe é informada e inicia-se a aplicação do protocolo, com administração de antirretrovirais, e parto cesariano.

    Logo após o nascimento da criança e início do tratamento, a mãe é encaminhada para o aconselhamento, onde profissionais darão as primeiras orientações sobre os cuidados que devem ser tomados no tratamento da criança e da própria mãe.

    Durante o primeiro ano e seis meses de vida do bebê, a mãe e a criança são acompanhadas por meio de consultas mensais. Tanto a mãe, quanto o filho tomam medicações antirretrovirais, fornecidas pelo SUS. O tratamento deve ser seguido pontualmente para evitar a positivação do vírus HIV na criança.

    PROJETO NASCER
    Lançado pelo Ministério da Saúde, em 2002, o Projeto Nascer pretende evitar ao máximo a transmissão da aids e da sífilis da mãe para o filho durante a gestação. O projeto atua em 450 maternidades do Sistema Único de Saúde (SUS), em municípios considerados prioritários e que atendam a mais de 500 partos por ano.

    O Projeto Nascer amplia a cobertura do Programa de Humanização do Pré-Natal e Nascimento, garantindo a realização do teste rápido do HIV e sífilis em mulheres que não fizeram os exames no pré-natal da rede
    do SUS.

    terça-feira, 22 de março de 2011

    0

    0

    meu bebê suga será que tenho pouco leite o que fazer?


    TENHO POUCO LEITE, O QUE FAÇO?

    Se você acha que está com pouco leite, é essencial que, em primeiro lugar, beba muitos líquidos como água, sucos naturais e chás. No mínimo 2 litros por dia. Outro fator importante é colocar o bebê para mamar, mesmo que ache que o leite não é suficiente, pois quando o bebê suga, a mãe produz um hormônio que estimula a produção do leite.

    TEM HORÁRIO CERTO PARA AMAMENTAR?

    Não, o horário para mamar quem estipula é o bebê, geralmente no começo ele vai mamar mais vezes ao dia (em torno de 3 em 3 horas), porém se o bebê é muito sonolento e não acorda para mamar, acorde-o, ponha-o no seio para sugar e consulte o pediatra, pois os níveis de glicose dele no sangue podem estar baixos. Outro fator importante é não trocar de seio na mesma mamada, o bebê tem que mamar um dos seios até esvaziá-lo, uma vez que o leite do final da mamada é mais rico em gordura, fazendo com que fique satisfeito. Se o bebê esvaziar um seio e ainda estiver com fome, aí sim pode colocá-lo no outro seio. Na mamada seguinte, coloque o bebê no seio que ainda não foi esvaziado.

    SE EU DER CHUPETA OU MAMADEIRA O MEU BEBÊ PODE LARGAR O PEITO?

    Sim, está comprovado que a introdução de outros bicos que não o seio fazem com que o bebê se confunda e desmame. No caso da mamadeira, quando introduzida, o bebê percebe que é mais fácil de mamar, uma vez que ele não precisa fazer força. Assim, na hora de colocá-lo no peito, ele sentirá a diferença e recusará.

    0

    meu leite é fraco ou não tenho leite suficiente?


    quando amamentar meu filho: resposta ,sempre que ele quiser quem sabe o horário e o bebê,tem neném que mama menos tem deles que mamam mais vezes,quanto a ao leite não existe leite fraco ,ele pode ser clarinho mais o teor vitaminico é perfeito,e ainda previne contra todo tipo de infecção,criança que mama tem mais saúde,procure amamenta-lo pelo menos até os seis meses,até pra nascer os dentinhos eles não sofrem , amamente com prazer ele tem o direito de mamar o quanto quiser !!!!faça um comentario sua opnião é muito importante pra mim!!!

    0

    existem mulheres que tem dificuldades para formação do leite?



    Amamentar faz a mama cair ?
    Não. A falta de suporte adequado (soutien de reforço) e a tendência genética de mama pendular é que faz a mama cair e não o ato de amamentar

    3 - Cerveja preta x Canjica x muito líquido, fazem o leite aumentar?
    Não. A cerveja preta não deve ser usada porque bebida alcoólica é contra indicada na amamentação.

    A mãe deve tomar muita água para se hidratar e não para aumentar a quantidade de leite.

    A canjica também não aumenta a quantidade de não aumenta a quantidade de leite, porém assim como a canja de galinha que também não aumenta o volume de leite estes alimento são conhecidos como lactogogos.

    Lactogogos: são alimentos que não aumentam a quantidade de leite, mas que a mãe acredita firmemente que isto vai aumentar seu leite e como estes alimentos na tem contra indicação, eles não vão interferir na amamentação.

    4-Tamanho da mama x alimentação
    A mulher que tem mama pequena ou grande não quer dizer que a mama grande vai produzir mais leite. O leite é produzido fisiologicamente nos 2 tipos de peito.

    5 - Mulher que produz pouco leite - Não existe mulher que produza pouco leite, na verdade ocorre é que aquela mulher que limita as mamadas do bebê no peito, ou seja não amamentando em livre demanda (que é a hora que o bebê quer).
    Isto significa que: a produção de leite está ligada a sucção do bebê. "Quanto mais o bebê suga mais leite a mulher vai produzir. Isto significa que é a sucção do bebê que mantém a produção de leite.

    Outros tabus, ligados a folclore

    6 - Se o bebê arrotar no peito este vai rachar.

    7 - Se a mãe beber água durante o período que estiver amamentando o leite vai secar

    8 - Se a mãe colocar uma chave no bolso o leite vai secar

    9 - Se o leite cair no chão ele vai secar

    10 - Não esfregar bucha ou toalha no mamilo e aréola porque esta atitude afina a pele favorecendo as rachaduras porque tira a oleosidade natural da pele. Não usar cremes ou pomadas no mamilo e aréola e em caso de rachaduras (fessura mamilar) não usar casca de banana ou de mamão. Não usar compressa quente ou fria não mama - queima a pele e não resolve.

    Uso de bicos, mamadeiras e chupetas

    A criança que mama no peito não deve receber bicos, mamadeiras e chupetas, porque eles fazem com que o lactente confunda os bicos, além de diminuir a vontade de ir ao peito, favorecendo o desmame precoce.por favor faça um comentario a sua opnião é muito importante pra mim obrigado!!!

    0

    domingo, 14 de novembro de 2010

    toda mulher que amamenta não menstrua verdade ou mito


    Como a amamentação impede a gravidez?
    O mecanismo que explica o porque a mulher que amamenta não engravida facilmente tem por base:

    O órgão que regula a fertilidade da mulher está situado na sua cabeça, no cérebro, trata-se de uma glândula chamada HIPÓFASE. Esta glândula se comunica com os órgãos do corpo da mulher (ovários, útero, mamas), através de mensagens hormonais, digamos assim.

    Normalmente na mulher em idade fértil a hipófise manda todo mês ordens hormonais endereçadas aos ovários, útero e mamas, dizendo-lhes que se preparem para engravidar. Nesse momento um dos ovários entra em funcionamento (o outro fica parado, não funciona neste mês), seleciona um folículo que contém no seu interior um óvulo.

    No meio do ciclo menstrual esse óvulo é lançado para o exterior do ovário, embora ainda dentro do ventre da mulher, quando então será captado pela trompa e levado para o interior do útero. Desde que a mulher tenha tido relações sexuais nesse período, os espermatozóides lançados no interior da vagina irão subir para o útero e trompas, indo ao encontro do óvulo, fecundando-o quando forma-se o ovo e a gravidez se inicia.

    Caminhando de volta pelas trompas o ovo chega ao útero e se aninha, prossegue a gravidez. Durante 9 meses a mulher não menstruará, não ovulará e não poderá engravidar nesse período.

    O estímulo hormonal comandado pela hipófise com ação sobre o útero, ovário e mamas, após o parto, se prolonga por mais algum tempo, cerca de 45 dias, 2 meses, 3 meses, 6 meses; tudo vai depender da amamentação. A mulher que alimenta o seu bebê só com o leite do peito, sem limites, atendendo apenas as solicitações da criança ficará por muito tempo em ovular e sem menstruar, ou mesmo menstruando mas sem ovular, motivo pelo qual não engravidará.

    Este conhecimento não é absoluto, não significa que toda e qualquer mulher que amamente não engravidará. Existem individualidades que tem que ser respeitadas e que levam a exceções da regra, embora ela seja válida como generalidade sempre que as condições básicas forem respeitadas.

    Também exigem solução as seguintes situações clínicas:

    1 - paciente não menstrua mas amamenta regulamente
    2 - paciente não menstrua mas amamenta de forma irregular
    3 - paciente já menstrua mas amamenta regularmente
    4 - paciente já menstrua mas amamenta de forma irregular.

    . Aquelas mães que amamentam regularmente, que alimentam a criança exclusivamente com o seu leite, segundo a demanda espontânea da mesma, estas são as mães que mais se beneficiam do uso prolongado da amamentação como método contraceptivo.

    . As mães que ainda não menstruaram mas que por alguma razão começam a amamentar de forma irregular sem qualquer critério ou mesmo começam a adotar alimentação mista para o bebê, estas são as que mais preocupam as equipes de saúde que orientam a clientela no uso da amamentação como contracepção, pois a partir do momento que elas começam a espaçar demais as mamadas, suas chances de ovulação e gravidez aumentam.

    . Quando as usuárias do método começam a menstruar novamente, devem ser orientadas a procurar o serviço de saúde para receberem novas instruções. Há que considerar a regularidade de amamentação, a intensidade de sucção e o seu tempo de duração.

    . Mães que amamentam e já menstruam costumam apresentar ciclos menstruais irregulares, atípicos, por conta de taxas variadas de prolactina e ocitocina circulante e que interferem no ciclo menstrual.

    Como e quanto a amamentação garante a anticoncepção

    As mães que amamentam permanentemente segundo as solicitações do bebê, de dia e de noite são as que se dão melhor com o método. Aquelas que passam muitas horas sem amamentar, ou amamentam de forma irregular por várias razões, preguiça, descuido, irresponsabilidade, local de trabalho distante, estas deverão ser orientadas quanto ao risco de gravides.

    As mães que deixam as crianças na creche do local de trabalho deverão estabelecer uma rotina, um intervalo regular que permita manter o ritmo da mamada espontânea.

    Risco de Gravidez

    Para as pacientes que estão usando a amamentação como anticoncepção é importante ressaltar que após os 03 meses de parto as chances de ovulação e gravidez aumentam. Após os 06 meses o risco é grande para quem evita apenas com a amamentação, principalmente se já estiver menstruando regularmente.

    Nesses casos recomendar a adoção de um método complementar: DIU, preservativo, tabela, diafragma ou pílula que deverá ser receitada pelo seu médico

    Fonte:http://www.alpha46.com.br/ATR/contracepcao.htm